O vereador de São Vicente responsável pela área de cultura, Humberto Lélis, explica que o festival foi agendado para 11, 12 e 13 de Agosto porque coincide com o período durante o qual a ilha recebe o maior número de visitantes.

Lélis acredita que, desta forma, tanto os turistas como os imigrantes em férias em Cabo Verde se sentirão mais satisfeitos. Em termos logísticos, esta é a opção mais viável, já que as agendas dos artistas são mais prováveis de estarem livres. Os organizadores já começaram a entrar em contato com artistas em potencial para estabelecer a formação.